Apresentamos a vocês o nosso Código de Conduta, que traz as orientações necessárias para o relacionamento que esperamos dos nossos colaboradores no exercício de suas atividades dentro e fora das instalações da Guindastes Brasil, buscando elevar a integridade e o senso de justiça.

Esperamos e solicitamos que esse Código seja seguido e divulgado sempre que houver necessidade, para que sejamos capazes de construir um ambiente de trabalho ético, colaborativo e de bons exemplos para os nossos clientes, parceiros, fornecedores e a sociedade de uma maneira geral.

Este Código se aplica a todos. Abrange qualquer funcionário independente do nível hierárquico, indo da alta direção até os cargos de níveis iniciais, portanto neste Código todos serão considerados “Colaboradores” de forma igualitária.

A Guindastes Brasil esta fortemente comprometida com os valores morais e atitudes favoráveis a construção de um ambiente de trabalho digno e ético.

Esperamos o mesmo de você!

A Guindastes Brasil estima um ambiente de trabalho onde os colaboradores possam exercer suas atividades de maneira justa e responsável, onde suas realizações profissionais sejam fruto de um trabalho prazeroso e dignificante.

Valorizamos relações baseadas em:

  • Respeito mútuo, através de um tratamento igualitário e sem discriminações;
  • Liderança através do exemplo, proporcionando um ambiente de trabalho sadio e tratamentos dignos;
  • Profissionais capacitados para exercer as atividades de modo eficaz e com as habilidades necessárias para o desempenho da função;
  • Igualdade de oportunidades nos processos seletivos e em promoções internas;

Nossos princípios também incluem:

  • Garantir aos nossos Colaboradores os direitos previstos na legislação brasileira (CLT) bem como os determinados em acordos, conselhos e/ou convenções coletivas;
  • Respeitar a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, a Convenção das Nações Unidas para eliminar todas as formas de discriminação contra as minorias e o Estatuto da Criança e do Adolescente.
  • Proibir a utilização do trabalho infantil (salvo o programa da lei de aprendizado para jovens a partir dos catorze anos) nas nossas dependências e incluindo parceiros e terceirizados;
  • Não utilizar ou apoiar a utilização de trabalho forçado ou compulsório, nem a retenção de qualquer tipo de documento de identificação, depósitos, salário ou qualquer parte dele, benefícios ou qualquer outra propriedade do profissional, como condição para que o mesmo se torne ou mantenha-se Colaborador da Empresa;
  • Desenvolver Plano Anual de Treinamento com temas abordando a saúde, segurança e meio ambiente no local de realização das atividades;
  • Fornecer Equipamentos de Proteção Individual e Coletivos de acordo com a necessidade de cada função a fim de preservar a saúde e integridade física do colaborador;
  • Respeitar o direito dos Colaboradores de se filiarem-se ao sindicato, bem como negociar coletivamente suas reinvindicações, respeitando as limitações impostas pela legislação brasileira, ou seja, pode filiar-se ao sindicato de sua categoria profissional ou ao sindicato da categoria associada à Organização.
  • Não promover ou incentivar qualquer tipo de discriminação relacionada à etnia, nacionalidade, classe social, nascimento, religião, deficiência, gênero, responsabilidades familiares, estado civil, associação a sindicato, opinião política, orientação sexual, idade ou qualquer outra condição, seja na contratação, remuneração, promoção, acesso a treinamento, encerramento de contrato ou aposentadoria.
  • Não permitir qualquer tipo de assédio moral ou sexual, incluindo punição física, comportamento ameaçador ou abusivo;
  • Incentivar a comunicação de ideias, críticas e sugestão a fim de desenvolver um ambiente de trabalho baseado na melhoria contínua;
  • Garantir que em situações de risco grave ou risco de morte, os colaboradores tenham o direito de abandonar suas atividades imediatamente, comunicando ao superior hierárquico e seguindo o Plano de Emergência;

A Guindastes Brasil estima os Colaboradores que desempenham suas atividades de acordo com os princípios morais e éticos da organização, incentivando-os a:

  • Admitir suas falhas de maneira honesta e transparente;
  • Alertar os seus superiores sobre erros e equívocos o mais rápido possível, para que as medidas adequadas sejam tomadas;
  • Questionar e denunciar orientações que sejam contrárias a este Código;

É função da Guindastes Brasil proporcionar um ambiente de trabalho livre de intimidações, hostilidades ou abusos contra os Colaboradores, seja praticado por gerentes, encarregados, colegas ou pessoas de fora da Empresa. Entre os comportamentos de abuso estão àqueles considerados como ofensivos ao indivíduo ou grupos, tais como insinuações de conotação sexual, comentários maliciosos, sexistas ou racistas, piadas étnicas ou insultos religiosos.

Qualquer tratamento discriminatório ou abusivo a Colaboradores, fornecedores ou clientes que viole os valores da nossa Empresa ou a legislação aplicável estará sujeito a medidas disciplinares.

A Guindastes Brasil entende a importância da privacidade dos seus colaboradores, porém incentiva que mesmo fora da Organização, se utilize um comportamento de acordo com os princípios morais propostos, com o objetivo de construir uma sociedade mais justa e digna para todos. A diversidade é algo valorizado na Guindastes Brasil, pois a individualidade do ser humano é o que proporciona um ambiente de trabalho criativo e essencial para o desenvolvimento empresarial.

Assentando a primeira pedra para construção do Compliance, a diretoria da Guindastes Brasil, decidiu fazer a diferença em meio ao caos de corrupção existente na nossa sociedade, iniciando a busca por um programa que protegesse a organização das condutas inadequadas e refletisse  os princípios morais e éticos dos seus fundadores  de maneira íntegra e transparente. A liderança demonstra seu engajamento com o programa através das suas exigências ao cumprimento da legislação e dos requisitos das partes interessadas.  Percebemos essas atitudes através de:

  • Comprometimento e participação nos treinamentos relacionados ao Compliance a antissuborno;
  • Disponibilização de recursos adequados conforme necessidade;
  • Promoção de um ambiente de trabalho seguro, colaborativo, íntegro e transparente, valorizando sempre o capital humano.
  • Apoio integral e absoluto na investigação de práticas ilícitas ou confrontantes ao Código de Conduta, aplicando as medidas disciplinares aos envolvidos independente do seu nível hierárquico na organização.

No mundo corporativo o risco está associado a incerteza do atingimento de um objetivo. No Programa de Compliance buscamos  estruturar os riscos de cada atividade da empresa afim de mitigar, evitar ou assumir esses riscos.

Nosso CRA – Compliance Risk Assesment ( Análise de Riscos de Compliance) foram estruturados com base no perfil das nossas atividades com o objetivo de estarmos preparados para possíveis violações ou irregularidades, criando metodologias de controle para que determinadas ações não comprometam o Programa.

Os controles financeiros são um dos pontos mais críticos para o Programa de Compliance. As exigências do mundo cotidiano podem impulsionar o ser humano ao individualismo, buscando o constante poder através do aspecto econômico, onde a confiança é colocada a prova, ocultando a linha tênue entre o lícito e o ilícito.   O dinheiro pode comprometer a integridade do mais correto dos homens, e como quem o movimenta é o capital humano, buscamos as melhores formas de estabelecer medidas e controles contábeis para que nossos colaboradores não se sintam provocados ou tentados a atos que possam corromper a sua integridade moral e não comprometer toda organização, prevenindo as irregularidades fiscais e o suborno

Controles internos efetivos contribuem  para a redução do índice de fraudes, pois só o fato de serem  conhecidos pela organização já as inibe.  A estrutura do Compliance precisa no exercício de sua missão, estar atenta  e ter a sua disposição  ferramentas que auxiliem na prevenção ou detecção de desvios.

Após o recebimento das informações seja pelo Canal de Denúncias ou através de auditorias a intervalos planejados, resultados de análise crítica ou indicadores de desempenho, será iniciado um processo de coleta de dados com o objetivo de se aprofundar nos fatos e avaliar se existe algum tipo de transgressão ao nosso Programa de Compliance.

Nosso procedimento consiste em uma investigação das denúncias,  apurando a real situação do ocorrido para que se tenha uma conclusão justa e transparente para que as medidas cabíveis sejam tomadas baseada na gravidade dos fatos.

O Código de Conduta descreve o comportamento e o perfil esperado pelos profissionais da Guindastes Brasil.

O descumprimento dos seus requisitos está sujeito a aplicação de sanções conforme descrito no Procedimento de Medidas Disciplinares, que vão desde  advertências verbais, escritas, suspensão até o  desligamento contratual conforme regimento interno.

Este procedimento entra como um reforço no momento de criar um comportamento baseado nos valores morais da organização, comunicando a todos o  valor do Programa de Compliance e que em caso de violações haverá consequências.